FORA TROPAS DO HAITI!!

A semana em Porto Alegre, começou com muita mobilização social; segunda - teve bicicletaço convocado pela Massa Crítica, frente ao atropelamento dos ciclistas na Cidade Baixa; Terça - manifestação das Mulheres do campo e da cidade, marcando o 8 de março, antecipadamente, como data de Luta, e na madrugada deste mesmo dia além de participar dos atos citados, demos consequência a uma das deliberações coletivas que contraímos no IX ELAOPA.
Dia 1º de Março de 2006, foi a data da invasão de tropas Militares dos EUA, Canadá e França, no já castigado HAITI. Esta é uma das data que os Coletivos Muralistas manifestariam a sua Solidariedade e intervenção de repúdio a mais uma ação imperialista sob os países desta América Latina. Fizemos nossa ação convictos que as conquistas vem das ruas e que cada voz manifesta, seja ela pintada ou gritada, de bicicleta ou a pé, com idéias ou pedras, são as armas legítimas da nossa Luta.






PINTAR E LUTAR POR TODA AMÉRICA LATINA!!!

Um comentário:

Chaves disse...

Companheiros, gostaria de divulgar o evento abaixo, será uma grande festa da resistência popular em Perus-SP.

Festa de comemoração das lutas e conquistas de Perus.

“A Historia de um lugar construída e contada por seu povo”
Aniversário de 9 anos de implantação do Programa de Saúde da Família do Recanto dos Humildes.

Caminhada Cultural por Perus da associação Nova Esperança no Recanto do Humildes até a sede do sindicato dos Queixadas com apresentação de teatro, musica, cinema e fotografia nas ruas

Data: 26 de março de 2011 às 15hs
Concentração: Rua Recanto dos Humildes, 100 - Perus, São Paulo, CEP 05209-000
Participações: bateria do Valença, grupo de teatro Pandora, grupo de teatro Guarus netos de Queixadas, Sarau Poesia na Brasa, Maracatu, projeto Guri, Comunidade Cultural Quilombaque.
Show: Charles Abraão e Cheiro de Mato.

------------------------------------------------------------------------------------------------
Manifesto

Pela valorização e resgate histórico dos movimentos populares de Perus
Que as novas gerações possam conhecer a aprender com os Queixadas e com os movimentos de moradia e popular de saúde
Que os movimentos populares se mantenham vivos para a construção de um mundo mais justo
-----------------------------------------------------------------

Exemplos de Perus para o mundo

Você sabia que:
Os Queixadas foram trabalhadores da fábrica de cimento que fizeram a greve mais duradoura da Historia Brasileira, 7 anos, e que contribuiu para que hoje tivéssemos presença do sindicato nos atos de contratação e demissão de mão de obra, salário família, reconhecimento da legalidade das greves por atraso de pagamento entre outros benefícios?

O movimento de moradia do Recanto dos Humildes teve uma belíssima experiência de solidariedade na construção das casas através do mutirão que se desdobrou na construção de um Posto de Saúde – Programa de Saúde da Família,com ajuda de muitas pessoas?

O movimento popular de saúde de Perus é um grande exercício de democracia e além de lutar por maior assistência na área da saúde foi essencial para que o lixão fosse desativado e não instalassem mais lixões na região?

Realização: Quilombaque, Sindicato dos Queixadas, Movimento Popular de Saúde,
Apoio: Associação Nova Esperança, Grupo de Caminhada de Perus, Escola de Idiomas Speak Well, Grupo de Terapia Comunitária Primavera, Centro Pastoral Santa Fé.